• alicebucard

Bioestimuladores de colágeno

Atualizado: há 4 dias


Os bioestimuladores de colágeno são uma das grandes revoluções na manutenção da firmeza e viço da pele de forma natural e duradoura. Como o próprio nome sugere, as substâncias injetáveis apresentam a capacidade de fazer o próprio corpo produzir colágeno de forma mais intensa, retardando dessa forma a perda gradual da substância, o que passa a ocorrer a partir dos 30 anos de idade.


Quais partes do corpo podem ser tratadas com bioestimuladores de colágeno?


As áreas do rosto e do corpo que podem ser tratadas são aquelas que tendem a sofrer maior perda de colágeno e, assim, ficarem mais flácidas e sem definição do contorno.


No rosto, bochechas, queixo, papada e pescoço. No corpo, braços, abdômen, glúteos e coxas. O produto age em todas as camadas da pele, amenizando os sinais de flacidez e conferindo resultados progressivos, com aspecto natural, por até 25 meses. Ao melhorar a qualidade geral da pele, o tratamento suaviza indiretamente linhas de expressão faciais, e, no corpo, a aparência de estrias e celulites relacionadas à flacidez.


Aqui na Clínica Dermatológica Alice Buçard, trabalhamos com dois tipos de Bioestimuladores, o Sculptra e o Radiesse. O resultado de ambos é progressivo, natural e sustentável. Em 28 dias, após a aplicação, começa o estímulo celular e, em 4 meses, é o pico de ação onde o paciente pode ver os resultados.


Entenda como funcionam os Bioestimuladores


O Sculptra tem como substância principal o ácido poli-L-lático que, ao ser injetado, eleva a fabricação de colágeno logo na primeira aplicação, tendo pico de ação por volta de seis meses depois, e mantendo a produção da proteína ativa por até um ano.


Já o Radiesse tem como base a hidroxiapatita de cálcio, um bioestimulador de colágeno utilizado para repor volume em algumas regiões faciais e em áreas como mãos e colo. Ele é um pouco diferente, pois fornece um efeito volumizador mais imediato (devido à sua natureza altamente viscosa) combinado com o benefício de longo prazo da produção prolongada de colágeno. O Radiesse é considerado melhor também para tratamento de flacidez corporal de celulite.


Tanto o Radiesse quanto o Sculptra tem efeito tridimensional, o que significa que atua para garantir a firmeza da pele em suas três camadas, melhorando o aspecto como um todo.

Em ambos os protocolos, a recuperação é tranquila. Nas horas seguintes à sessão, pode haver leve sensibilidade no local das injeções quando apalpado, mas não costuma haver inchaço nem hematomas muito intensos.


Ao contrário da ação do preenchimento com ácido hialurônico, o resultado não se perde e não vai embora. É interessante pensar na quantidade de sessões necessárias considerando uma sessão por década de vida. Para alguém na faixa dos 30 anos, por exemplo, seriam necessárias três sessões (com intervalo de 30 a 60 dias entre elas); a partir dos 40, quatro sessões, e então uma manutenção periódica anual. Mas as pessoas envelhecem de forma diferente e os hábitos – alimentação, exposição ao sol, tabagismo, consumo de álcool e stress – também contam. Uma boa avaliação clínica é que vai determinar quantas sessões fazer para conseguir o resultado desejado.


Saiba mais sobre bioestimuladores de colágeno e agende sua consulta clicando aqui.

5 visualizações0 comentário