• alicebucard

Dermoabrasão para o tratamento de cicatrizes e marcas na pele


A Dermoabrasão é um procedimento que consiste no lixamento da pele para correção de alterações da sua superfície, como cicatrizes ou asperezas. O procedimento pode ser feito manualmente ou com o uso de aparelhos dermoabrasores (pequenas lixadeiras de alta rotação, semelhantes a um esmeril). Requer o uso de anestesia tópica e pode ser realizado no consultório adequadamente equipado.


A Dermoabrasão não se confunde com a microdermoabrasão, muito mais superficial e incapaz de atingir as camadas mais profundas da pele, e por isso remove apenas as células mortas das camadas mais superficiais.



O procedimento é indicado para a remoção de cicatrizes de acne profundas, ou cicatrizes pós-cirúrgicas, além de danos provocados pelo excesso de sol ao longo de um tempo prolongado.


Uma das possibilidades mais interessantes da dermoabrasão é a de nivelar a pele com algum tipo de desnível provocado por traumas na pele, geralmente decorrentes de acidentes ou acne severa.


O procedimento gera vermelhidão e inchaço devido ao atrito e à exposição de camadas mais profundas da pele após a abrasão da camada mais externa. São criadas então crostas nas áreas abrasadas e vizinhas. Essa vermelhidão é normal e esperada, e pode persistir por algumas semanas após o procedimento.


A mágica acontece a partir do remodelamento da pele a partir da liberação do colágeno, que segue acontecendo por até seis meses após o procedimento. O resultado é uma melhora global na textura da pele. Esse colágeno é o responsável por preencher e nivelar rugas e cicatrizes.


É importante seguir as recomendações médicas de evitar a exposição solar e utilizar filtros físicos e químicos após o procedimento para evitar o risco de manchas na pele.


Saiba mais sobre este e outros procedimentos de correção de imperfeições na face, clicando aqui.


5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo